8 redes sociais que morreram ou esvaziaram na internet

8 redes sociais que morreram ou esvaziaram na internet

8 redes sociais que morreram ou esvaziaram na internet

Atualizado em 09 de jan de 2018

Ainda que as redes sociais sejam uma das ferramentas de marketing digital mais importantes – 72% das pessoas afirmam que os posts nas redes sociais são o principal formato de conteúdo consumido, segundo a Content Trends -, nem todas se mantêm na moda por muito tempo. Cada vez mais, o número de redes sociais na internet cresce e outras vão sendo deixadas para trás pelos internautas. Confira as redes sociais que morreram ou esvaziaram na internet:

  1. Orkut

Criado em 2004 e desativado 10 anos depois, o Orkut era muito usado pelo público jovem. A rede social era muito parecida com o facebook e seu sucesso se deu por conta das comunidades, sendo uma das mais famosas a “Eu odeio acordar cedo”. Além disso, as brigas eram constantes entre os amigos para ver quem ia ficar no topo dos depoimentos. Por algum tempo, a rede social também disponibilizou jogos, sendo o Buddy Poke um dos mais famosos.

  1. MSN

O MSN surgiu em 1999 e atualmente é bastante comparado com o WhatsApp. Era uma rede social de mensagens instantâneas na qual era preciso adicionar os amigos através de um email. Um dos recursos mais populares da rede eram os emoticons, que podiam ser baixados de forma gratuita em alguns sites. A rede social também permitia a criação de grupos e a conversa por imagem através de uma webcam. Com o passar do tempo ela foi ficando de lado e substituída por outras parecidas como o Skype.

  1. My Space

Lançado em 2003, o My Space já foi a rede social mais popular do mundo, sendo mais tarde substituída pelo Facebook. Assim como o facebook, a rede permitia a postagem de fotos, vídeos, criação de grupo e um de seus destaques eram os emoticons, que permitiam que a pessoa demonstrasse seu humor no momento. Alguns anos depois, o Facebook fez algo bastante parecido, nos quais os usuários podem compartilhar o que estão sentido, comendo, assistindo ou fazendo. A rede social ainda existe, mas o número de usuários é muito pequeno.

  1. Formspring

A rede social tinha um objetivo bem característico: permitir que os usuários enviassem perguntas a outras pessoas com perfil revelado ou de forma anônima. Por muito tempo a rede fez bastante sucesso entre os jovens, mas em certa época passou a ser plataforma de bullying virtual e de posts de sexo e sacanagem. Por conta disso , muitos usuários deixaram de útilizá-la. Depois de um tempo ela acabou sendo substituída por outras bastante parecida, o Ask.fm, e atualmente é compara ao aplicativo Kiwi.

  1. Flogão e Fotolog

Anteriores ao Orkut, o Flogão e o Fotolog fizeram muito sucesso no Brasil, principalmente porque no Orkut só era permitida a postagem de 12 fotos por perfil.  A principal função dessas redes era a postagem de fotos e com o tempo elas foram substituídas por outras com a mesma função como Flickr e atualmente o aplicativo Instagram. O Fotolog ainda existe, inclusive em formato de aplicativo para Android. Já o Flogão foi comprado e acabou não vingando.

  1. Ello

Na época em que surgiu, a rede social era considerada uma versão melhorada do Facebook, pois não possuía anúncios publicitários e durante muito tempo, um grande número de usuários migrou para ela. Semelhante ao começo do Orkut, para entrar na rede era preciso ser convidado por alguém, o que talvez tenha sido um dos fatores pelo qual ela não deu certo. Atualmente é muito pouco utilizada, principalmente no Brasil.

  1. Yahoo!Buzz

Talvez uma das redes sociais que menos tenha durado, pois surgiu em 2008 e foi desativada em 2011. Além disso não ficou conhecida por muitas pessoas. Seu principal objetivo era o compartilhamento de fotos, links e sites, bastante parecido com o Twitter. Seu maior problema foi a interface, que não agradou ao público, além de ser pouco sugestiva.

  1. Limão

Quando criado, o Limão era visto como um concorrente do Orkut, e na época teve forte campanha na TV, principalmente na MTV. A rede acabou não vingando nem entre os jovens mas continua ativa e integrada a alguns blogs do Estadão. Durante um tempo, a empresa também lançou uma rede semelhante ao Twitter, o “Microblog”, mas assim como a outra, não teve muito sucesso.

Gostou das dicas? Veja como executar as melhores estratégias nas redes sociais que te levarão ao sucesso no plano de marketing digital!

[mc4wp_form id=”678″]