5 dicas de texto para um bom SEO

5 dicas de texto para um bom SEO

5 dicas de texto para um bom SEO

Atualizado em 10 de jan de 2018

Quando se fala em marketing de conteúdo, o bom SEO quase sempre entra na conversa. O famoso Search Engine Optimization, além de simbolizar um bom ranqueamento de sua empresa no Google, tem como consequência natural um aumento significativo no tráfego orgânico em seu conteúdo na web. E o melhor de tudo é que você pode começar a se aventurar no SEO seguindo nossas dicas – para, no futuro, contratar um trabalho mais profundo com uma consultoria de marketing digital.

Segundo a SEO Trends, os principais resultados obtidos com SEO segundo as empresas são: crescimento do tráfego orgânico (77,8%), maior qualidade do tráfego (41,8%), melhores posições de rankeamento nas SERPs (38,2%) e aumento do número de palavras-chave rankeando (33,3%).

Gostou? A Apex reuniu os principais passos para ter um bom SEO e converter ainda mais leads. Confira!

Quais são os segredos para um bom SEO?

#1 Escolha uma boa palavra-chave.

O primeiro passo é simplesmente selecionar o termo ou frase que, quando pesquisado no Google, tenha como resultado o seu post. Se você quer escrever sobre brinquedos para cachorros pequenos, por exemplo, você deve ter como palavra-chave o termo que as pessoas realmente pesquisam.

A forma mais fácil de conseguir esse termo é utilizando o Google Keyword Planner, ferramenta gratuita – com o cadastro no AdWords – que irá te mostrar uma estimativa para qualquer termo de pesquisa.

O termo “brinquedos para cachorros pequenos”, por exemplo, é o primeiro colocado em buscas no Google sobre o assunto – mais alto que qualquer outra combinação de palavras semelhantes.

#2 Escreva o melhor conteúdo possível.

Pesquise sobre seus concorrentes. Saiba de que forma eles estão fazendo conteúdo. Você pode fazer melhor? Crie algo que te faça ter destaque entre os outros. Que deixe seus concorrentes comendo poeira. Essa pode ser a parte mais trabalhosa, mas é a chave para o sucesso do marketing de conteúdo.

Não importa se você está criando um blog post, uma página de e-commerce ou uma landing page: precisa ser melhor do que seus concorrentes. É necessário chamar a atenção do receptor para continuar no seu conteúdo – assim, o Google irá notar que seu site está tendo bons resultados e te ajudará no posicionamento.

#3 Coloque a palavra-chave em – quase – tudo!

A palavra-chave é uma verdadeira game changer no processo de impulsionar seu site no ranqueamento do Google. Alguns dos campos em que você não pode deixar de inserir a palavra-chave são:

  • Título do post. Um dos mais importantes, já que vai ditar que seu conteúdo é exatamente sobre o que seu receptor pesquisou. E não esqueça, mesmo assim, de criar um título chamativo 😉
  • Cabeçalho. Pelo menos um de seus cabeçalhos, dentro do conteúdo, deve conter a palavra-chave desejada. Assim, o Google vê que o seu texto realmente aborda sobre o que prometeu no título.
  • Nome e título alternativo da sua imagem. Sua imagem também pode te ajudar! Se o Google perceber que ela tem a ver com o conteúdo que o usuário está precisando, ele dará mais espaço para o seu conteúdo aparecer nas buscas.
  • Um URL que contenha sua palavra-chave é funcional tanto para o Google quanto para os próprios usuários, que poderão saber do que se trata o conteúdo apenas pelo link que estão vendo.
  • No próprio corpo de texto. Mas não precisa exagerar: o primeiro e o último parágrafo são as melhores colocações para a palavra-chave.

#4 Insira links internos.

Além de confirmar a qualidade de sua produção de conteúdo para o Google, colocar links internos em seus conteúdos é a melhor maneira de fazer com que um leitor continue no seu site. Assim, se ele quiser saber mais ou tiver curiosidade sobre outro assunto que sua empresa também aborda, ele já será direcionado para a página dentro do seu blog, sem precisar pesquisar sobre o novo termo no Google. O resultado disso é um leitor que terá mais confiança na expertise de seu conteúdo, na sua marca e, eventualmente, nos seus produtos.

#5 Consiga links externos.

Finalmente, um fator imprescindível: links externos. Os links externos são links que outros websites fazem de seus conteúdos. Um dos principais fatores de relevância para o Google no ranqueamento de seu site é quantas vezes ele foi mencionado por outros – ou seja, ele mede a qualidade do seu post através do reconhecimento de outros websites.

Enquanto escrever um conteúdo de qualidade poderá atrair tráfego, divulgar esse material via seus concorrentes trará a certeza que seu blog será visitado e lido. O “link building”, como é chamado, é uma tarefa que deve ser feita com empenho e especialidade. Uma consultoria de marketing de conteúdo pode te ajudar nisso – e também a adquirir um bom SEO no seu website. Invista!

Confira dicas para otimização de imagens e torne o SEO de seu site ainda melhor!