Estratégias de branding: o que é preciso para ter uma marca inesquecível?

Estratégias de branding: o que é preciso para ter uma marca inesquecível?

Estratégias de branding: o que é preciso para ter uma marca inesquecível?

Atualizado em 09 de jan de 2018

A marca de uma empresa é tão importante para o seu desempenho quanto o próprio serviço. Ela reúne as qualidades do produto e todas as expectativas dos clientes na tentativa de chamar sua atenção. O desafio está em fixar essa marca no mercado ou em renová-la de tempos em tempos. Para isso, devem ser adotadas estratégias de branding consistentes.

Essa não é uma tarefa fácil, em especial para uma marca nova que ainda não possui destaque. Mas fique tranquilo: existem algumas técnicas que permitem acelerar o processo e podem ser aplicadas sem grande custo!

Para ajudar você nessa tarefa, separamos aqui 4 dessas estratégias de branding. Confira:

Estratégias de branding para fazer sucesso com sua marca:

1. Forneça uma experiência única

Hoje, a qualidade do serviço não é mais o único ponto que desperta interesse nos consumidores. Esse ainda é um aspecto muito relevante, mas ele tem sido integrado a outra qualidade maior: a experiência do consumidor, que vai muito além da utilidade prática.

Uma experiência não é apenas uma junção de estatísticas e resultados palpáveis. É também uma aplicação de todos os desejos, expectativas e outras coisas que o consumidor aprecia. Vai desde o atendimento até a forma como o produto é desenhado ou o conteúdo para seu nicho específico.

Para fornecer uma experiência de qualidade, é importante entender sua audiência e descobrir exatamente o que ela busca no seu produto.

2. Tenha uma missão para sua empresa em suas estratégias de branding

Estratégias de branding não são voltadas apenas para o público externo à empresa. Elas também devem considerar os colaboradores e sócios como clientes. Afinal, são eles quem vão entregar o produto e transmitir as qualidades que a empresa possui. E, para isso, é importante que eles entendam essas qualidades.

Muitas empresas possuem uma grade de adjetivos que usam para definir seus valores e tudo que têm a oferecer. Porém, em alguns casos, são apenas palavras aleatórias, como “tecnologia”, “inovação”, “dedicação”, “tradição” entre outras que não refletem as reais qualidades da companhia.

Os colaboradores precisam acreditar na marca e compartilhar desses valores tanto quanto os clientes, ou o resultado será apenas uma decepção para ambos.

3. Crie comunidades de clientes

Uma das estratégias de branding mais eficientes na atualidade é trocar parte do orçamento de propaganda de massa pela criação de comunidades, espaços onde haja branded content e todos os clientes possam interagir entre si.

A questão aqui é que, em vez de atrair constantemente o público, a empresa pode apenas acolhê-lo, deixando que os próprios membros da comunidade trabalhem o networking necessário. Isso poupa muitos recursos e garante uma base de clientes muito mais sólida e fiel.

4. Tenha uma identidade consistente

Um dos principais erros de empresas novas ao bolar suas estratégias de branding é tentar mudar a imagem da sua empresa com muita frequência. É verdade que identidade de uma companhia é construída com o tempo, mas o público precisa de alguma segurança com relação à sua marca, o que geralmente se transmite na familiaridade que ela apresenta.

Evite alterar repentinamente sua linguagem, cores, logo, entre outros aspectos com os quais o público tem contato. Eles são a principal ferramenta para que sua marca seja reconhecida rapidamente e devem ser manipulados com cuidado.

Agora que você conhece melhor algumas estratégias de branding, é hora de fixar sua marca junto a seu público! Quer continuar acompanhando nossos conteúdos? Assine nossa newsletter e receba mais novidades como essas em primeira mão!

[mc4wp_form id=”678″]