4 tendências para o marketing digital de 2018

4 tendências para o marketing digital de 2018

4 tendências para o marketing digital de 2018

Chegou a hora de estabelecer quais serão seus investimentos no campo de marketing para o ano de 2018. Confira quais são as principais tendências para o marketing digital para o próximo ano reunidas pela Apex:

  1. A importância da interação por mensagens

Os dados são surpreendentes: mais de 13 milhões de usuários estão ativos agora no Facebook Messenger – e eles trocam mais de dois bilhões de mensagens por mês com páginas de empresas. O profissional de marketing Neil Patel, recentemente, publicou um artigo no qual detalhou que uma de suas campanhas no Facebook Messenger atingiu 88% de visualização dos usuários e uma taxa de cliques de 56%. A Hubspot e seus parceiros também compartilharam algumas estatísticas semelhantes sobre seu alcance nas campanhas do Messenger.

No cenário atual de inbound marketing, seu lead está trocando mensagens de diversas plataformas diferentes (Messenger, WhatsApp, iMessage), incluindo chats de websites e de redes sociais (Facebook, Twitter, Linkedin e Instagram). As pessoas querem se comunicar a qualquer momento e em qualquer lugar que elas estejam, porém, essas mensagens devem ser direcionadas às pessoas certas. Ainda assim, uma coisa é clara: esse tipo de ferramenta vai ser um ponto essencial de toda organização de marketing, promoções e atendimento ao consumidor.

Por esse motivo, a interação por mensagens e o seu impacto no inbound marketing compõem um tópico recorrente em muitos debates e palestras sobre a área. O assunto, certamente, vai fazer sucesso como tendência em 2018. E você, já começou a montar seu planejamento no Facebook Messenger?

  1. O Facebook serve também para marketing B2B

O Facebook é uma ótima plataforma para o marketing B2C – assim como o Linkedin ainda é a plataforma mais forte para o marketing B2B. Ainda assim, o fato de que dois bilhões de usuários estão ativos no Facebook atualmente fez com que o Facebook se tornasse um canal de marketing B2B extremamente viável.

Vários estudos comprovaram exemplos concretos e cases de sucesso do marketing B2B no Facebook. É simples – os profissionais usam Facebook também, e, se você mirar cuidadosamente, você pode atingí-los também por lá.

Uma tentativa do Facebook acelerar esse processo foi a criação do Facebook Workplace, uma versão da rede social exclusiva para empresas. A ferramenta tem bastante semelhança com o Facebook, mas não tem publicidade e funciona com a possibilidade de integração com sistemas de TI (Tecnologia da Informação) das empresas. A proposta é que, com essa ferramenta, a comunicação tanto dentro das empresas como também com outras companheiras do mercado de trabalho.

Utilize nossas dicas para definir seu público-alvo e faça seu planejamento para o Facebook e Facebook Workplace.

  1. A complexidade do Inbound Marketing está crescendo

O marketing atual engloba uma diversidade de ferramentas – criação de conteúdo, publicações em redes sociais, email marketing, geração de landing pages e automação de marketing. Agora, a inteligência artificial também já está entrando nesse cenário: servindo como um auxílio no chat, na otimização do SEO e até na definição de uma estratégia de conteúdo. Além disso, empresas estão deixando cada vez mais claro a intenção de uma integração ainda maior entre o marketing e os negócios.

Outro elemento que também atingirá sucesso em 2018 é a Big Data – o uso de grandes ou complexos volumes de dados. A cada dia, 2.5 exabytes de dados são produzidos no mundo todo. O mercado de Big Data está movimentando bilhões e as técnicas de coleta são cada vez mais criativas. Os dados podem ser obtidos através de marcas que estudam seus clientes, registros públicos e estudos do estado, registros e logins de produtos e serviços, pesquisas de campo, e empresas especializadas em Big Data.

Seu smartphone, websites, aplicativos, máquinas e carros estão coletando data o tempo todo – e isso possibilita o marketing one to one, ou seja, que permite focar em comportamentos individuais e falar diretamente com seu público.

  1. Chatbots são elementos essenciais para o seu plano de marketing

Muitos especialistas, incluindo Neil Patel e Kim Garst, têm postado sobre a necessidade das empresas de implementar chatbots em seus serviços para auxiliar com o atendimento ao consumidor e o marketing.

As marcas precisam descobrir como elas desejam usar e implementar os chatbots para, então, colocá-los em funcionamento o mais cedo possível. Depois de analisar como os chatbots podem facilitar as campanhas de marketing baseadas nas mensagens, fica fácil se convencer de que eles são uma ferramenta essencial nas campanhas modernas de inbound marketing – especialmente para captar leads e torná-los seus consumidores.

  1. É o tempo de ouro dos podcasts

Por serem ferramentas mais simples de serem produzidas – pelo menos em relação ao vídeo –, os podcasts criam autoridade e são possíveis de serem monetizados. Você pode criar seu próprio podcast e torná-lo uma de suas principais ferramentas de captação de lead através de um conteúdo direcionado e interessante.

Além disso, como os podcasts ainda não são febre no Brasil, é possível aproveitar a novidade para captar ainda mais leads antes da concorrência e lançar essa moda de vez por aqui. Que tal?

Gostou? Se você deseja ainda mais de inbound marketing, baixe nosso e-book!

Se você quiser dicas específicas de marketing digital para área da saúde, acesse:

Clínicas médicas - marketing digital